Você está aqui   •    Notícias Janeiro/2019

Migração do Banco de Rotas Preferenciais e Alternativas para o Portal AISWEB

A partir de 03/01/2019, o Banco de Rotas Preferenciais e Alternativas migrará do Portal Operacional do CGNA para o sitio oficial de Informações Aeronáuticas do Brasil - Portal AISWEB. Desse modo, não será mais necessária a emissão de NOTAM para a publicação das referidas rotas e as informações de interesse dos usuários passam a estarem reunidas em um só local.

 

A alteração atende aos anseios dos usuários e formaliza o cumprimento de um compromisso assumido pela organização com os representantes das empresas aéreas, domésticas e internacionais, bem como IATA e ABEAR, na 11ª Reunião do Grupo ADHOC do GEPEA Tomada de Decisão Colaborativa – Rotas (GEPEA/SG1/CDM-Rotas Internacional/11), ocorrida em setembro do corrente ano.

A partir da mencionada data o Banco de Rotas Preferenciais e Alternativas poderá ser acessado diretamente por meio do link: “Rotas Preferenciais”, do Portal AIS WEB.

 

Fonte: DECEA

Aeroportos brasileiros se destacam em ranking de pontualidade mundial

Consultoria britânica cita terminais e empresas brasileiras entre os mais pontuais do mundo

A empresa de consultoria britânica OAG, especializada em aviação, divulgou nesta segunda-feira (7) o ranking dos aeroportos e empresas aéreas mais pontuais em 2018. Os terminais brasileiros obtiveram destaque nas principais categorias. O critério de pontualidade, tanto para aeroportos como para empresas aéreas, foi o pouso e a decolagem das aeronaves com até 15 minutos de atraso em relação ao horário previsto.

 

 O relatório sobre aeroportos é dividido em 5 categorias principais: Small (até 5 milhões de passageiros/ano), Medium (de 5 a 10 milhões de passageiros/ano) Large (de 10 a 20 milhões de passageiros/ano), Major (de 20 a 30 milhões de passageiros/ano) e Mega (mais de 30 milhões de passageiros/ano).

 

Na categoria Small os aeroportos de Curitiba e Salvador ficaram com a 3ª e a 13ª posições, respectivamente.

 

 Já na categoria Médium os terminais brasileiros ocuparam seis posições no total de 20 aeroportos classificados. Destaque para o terminal de Viracopos que ficou com o 3º lugar, seguido de Recife (4º), Santos Dumont (5º), Belo Horizonte (6º), Galeão (8º) e Porto Alegre (9º).

 

 Na categoria Large o aeroporto de Brasília ficou com a 3ª posição, e o aeroporto de Congonhas na 6ª.

 Por último, o aeroporto de Guarulhos ficou com a 10ª posição entre os aeroportos da categoria Major.

 

A OAG também avalia a pontualidade das empresas aéreas. Na avaliação de todas as categorias, o grupo Latam ficou com a 7ª posição, seguido da Azul Linhas Aéreas, com a 8ª colocação entre as empresas mais pontuais das 20 classificadas, conforme o volume de passageiros transportados por cada uma.

 

ÍNTEGRA DO ESTUDO - A Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) não tem responsabilidade sobre os dados divulgados pela consultoria OAG, que coletou as informações utilizadas no levantamento e realizou estudo comparativo a respeito da pontualidade de voos de empresas aéreas e aeroportos. A íntegra do documento pode ser acessada clicando aqui.

 

Fonte: ANAC

Segundo protótipo do Global Eye inicia voos de teste

PLATAFORMA DE ALERTA AÉREO ANTECIPADO EMPREGA SISTEMAS NO ESTADO DA ARTE

 

O segundo protótipo da plataforma Global Eye decolou pela primeira vez hoje (3), do aeroporto da Saab, em Linköping. O Global Eye é um avançado sistema aerotransportado de vigilância e sensoriamento, destinado a missões de alerta aéreo antecipado e controle aéreo (AEW&C, na sigla em inglês).

 

A plataforma é baseada no Bombardier Global 6000, que recebeu uma série de adaptações para realizar a missão, incluindo o radar Erieye ER. O sistema oferece alcance estendido, amplo raio de detecção e capacidade de multitarefas, incluindo vigilância marítima e terrestre, apoio a operações militares, alerta aéreo antecipado, controle de missão, busca e salvamento, entre outros.

O primeiro cliente do Global Eye são os Emirados Árabes Unidos. O valor estimado de cada plataforma completa é de 345 milhões de coras suecas, aproximadamente R$ 144 milhões.

 

Fonte: AEROmagazine por Edmundo Ubiratan

NOTÍCIAS MÊS 12/2018

© ABAG 2018 . abag.org.br . Todos os direitos reservados

abag@abag.org.br

design Artestúdio / ariel.severino@artestudio.com.br