ANAC realiza operação conjunta de fiscalização de manutenção aeronáutica em Goiás e apreende 33 aeronaves em situação irregular

Operação Frankenstein
A operação denominada Operação Frankenstein foi realizada nas cidades de Goiânia e Anápolis nos últimos dias 10 e 11 de dezembro.

A ANAC, a Receita Federal do Brasil (RFB), o Serviço Aéreo do Estado de Goiás e o Grupo de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar do Estado de Goiás realizaram operação conjunta na última quarta e quinta-feira. O objetivo da operação foi combater a manutenção aeronáutica clandestina (MACA).

Só no primeiro dia ocorreram 11 prisões pela prática de manutenção clandestina e 30 aeronaves foram apreendidas, junto com 3 interdições de estabelecimento. No total, foram 17 prisões por manutenção clandestina, 33 aeronaves apreendidas, 82 volumes recolhidos pela Receita Federal, 6 interdições de estabelecimento, e também foi apreendida uma arma de fogo.

A ABAG apoia integralmente as ações de fiscalização da ANAC e gostaria de parabenizar a Agência pela iniciativa. A fiscalização do setor de manutenção aeronáutica para coibir a prática clandestina é uma demanda antiga do setor, principalmente devido ao fato de tais práticas comprometem a segurança do voo.

A colaboração entre os órgãos de Estado na defesa e proteção da sociedade e da aviação civil é essencial. Na ação, foi combatida a manutenção irregular, que coloca em risco a segurança da aviação civil, assim como o contrabando e descaminho de mercadorias e bens estrangeiros.


Sobre

A Associação Brasileira de Aviação Geral (ABAG) foi criada com o intuito de defender e promover os interesses de pessoas e organizações que operem aeronaves como forma de apoio a seus negócios de forma íntegra e profissional, angariando o reconhecimento da sociedade e do governo como seu legítimo interlocutor.



© ABAG 2019 . www.abag.org.br . Todos os direitos reservados



Endereço

Rua Coronel Tobias Coelho, 147 – Aeroporto | São Paulo/SP

+55 (11) 5032-2727

Redes Sociais:

Linkedin

Twitter

Newsletter