Acontece a primeira certificação no mundo de uma aeronave totalmente elétrica

A aeronave Pipistrel Velis Electro recebeu da EASA, no último dia 10, o certificado de tipo EASA.A.573, se tornando assim a primeira aeronave totalmente propulsionada por energia elétrica a receber certificação
18 de junho de 2020
Pipistrel
A aeronave Pipistrel Velis Electro recebeu da EASA, no último dia 10, o certificado de tipo EASA.A.573, se tornando assim a primeira aeronave totalmente propulsionada por energia elétrica a receber certificação

No último dia 10 de junho de 2020, a Agência de Segurança da Aviação da União Europeia (EASA), anunciou a certificação, pela primeira vez na história, de um avião totalmente elétrico, um marco importante na busca pela aviação ambientalmente sustentável.

O Pipistrel Velis Electro, recebeu da EASA seu Certificado de Tipo (TCDS) EASA.A.573, tonando-se a primeira aeronave totalmente propulsionada por energia elétrica a receber certificação na história.

“Esta é uma inovação empolgante”, disse o diretor executivo da EASA, Patrick Ky, em comunicado no portal da Agência Europeia. “Esta é a primeira aeronave elétrica certificada pela EASA, mas certamente não será a última, pois a indústria da aviação busca novas tecnologias para reduzir ruídos e emissões e melhorar a questão da sustentabilidade na aviação”.

A aeronave é equipada com o primeiro motor elétrico certificado, o E-811-268MVLC.

“A certificação de tipo do Pipistrel Velis Electro é o primeiro passo para o uso comercial de aeronaves elétricas, necessário para viabilizar a aviação livre de emissões. É consideravelmente mais silencioso do que outros aviões e não produz gases de combustão”, afirmou Ivo Boscarol, fundador e CEO da Pipistrel Aircraft.

“Isso fornece otimismo, também para outros projetistas de aeronaves, de que a certificação de tipo de motores e aviões elétricos é possível”, acrescentou o executivo da fabricante eslovena.

O processo de certificação

A certificação foi concluída em menos de três anos e só foi possível nesse espaço de tempo devido à estreita cooperação entre Pipistrel e EASA, com o objetivo comum de garantir que a aeronave cumprisse o alto padrão de segurança necessário.

O projeto também trouxe aprendizados importantes que apoiarão futuras certificações de motores e aeronaves movidos a eletricidade, declarou a Agência Europeia.

O projeto de certificação foi desenvolvido em dois fluxos, primeiro as atividades típicas de certificação relacionadas à aeronave e, paralelamente, um programa coordenado de ensaios em voo empregando uma frota de aeronaves Alpha-Electros (não-certificado), mas que possuíam permissão da EASA para voar.

Dominique Roland, chefe do Departamento de Aviação Geral da EASA, disse: “Para a EASA, a certificação de tipo desta aeronave representa um marco duplo significativo: em 18 de maio de 2020, seu motor foi primeiro motor elétrico a ser certificado na história, agora seguimos com a primeira certificação de tipo do avião equipado com esse motor”.

Roland acrescentou que o projeto foi verdadeiramente inovador, rendendo muito aprendizado para a Agência na futura certificação de motores e aeronaves elétricas que ele considera, sem dúvida, uma área de crescimento nos próximos anos, alinhada aos objetivos de proteção ambiental.

Paolo Romagnolli, chefe de engenharia da Pipistrel, através do portal da empresa destacou a excelência técnica do projeto: “O projeto Velis Electro tem sido um desafios de engenharia e tanto. O certificado de tipo da EASA é uma afirmação do compromisso da segurança do projeto”.

“Conseguir isso com uma equipe relativamente pequena é a prova de que profissionais jovens, talentosos e motivados podem trazer a inovação à realidade. Concluir o trabalho que ninguém mais fez nos deixa muito orgulhosos”, finalizou Romagnolli.

Durante o curso desses projetos, a EASA destaca que ganhou experiência, em primeira mão, em voo elétrico, aprendendo mais sobre baterias e seus sistemas de gerenciamento, bem como sobre motores elétricos utilizados como unidade de potência aeronáutica.

Estas informações foram utilizadas pela Agência reguladora para desenvolver a Condição Especial EHPS (Electric / Hybrid Propulsion System), que é um documento emitido pela EASA que regula a certificação de aeronaves equipadas com motorização elétrica ou híbrida, exceto aeronaves enquadradas na regulamentação EASA CS-25 (Large Aeroplanes), que regula a certificação de aeronaves na categoria de transporte aéreo.

O Pipistrel Velis Electro

O Velis Electro é um avião de dois lugares destinado, principalmente, ao treinamento de pilotos, totalmente certificado para treinamento, que pode ser utilizado em outras operações.

Em seu portal, a Pipistrel destaca que a aeronave foi projetada para ser simples de operar e manter, sem comprometer a segurança.

Seu motor elétrico fornece energia instantaneamente e sem hesitação. A aeronave utiliza interface simplificada na sua cabine, que mantém similaridade com seus irmãos equipados com motor convencional. O número reduzido de peças móveis no motor diminui drasticamente os custos de manutenção e o risco de mau funcionamento reduz-se ainda mais graças ao sistema contínuo de monitoramento interno das condições da aeronave.

A energia é fornecida pelo sistema elétrico de 345 VCC (corrente elétrica continua), construído em torno de um sistema de bateria de alto desempenho desenvolvido pela empresa, que inclui duas baterias Pipistrel PB345V124E-L conectadas em paralelo, instaladas em um arranjo redundante de 2 unidades, com capacidade nominal total de 24,8 kWh.

A aeronave é equipada com uma hélice tripá de passo fixo modelo P-812-164-F3A, construída de material composto, com diâmetro de 1,64 m. Possui arranjo de trem de pouso triciclo fixo.

Uma bateria está localizada no nariz do avião e a segunda atrás da cabine. Isso garante redundância da fonte de energia: em caso de falha de uma bateria, a que está com defeito é desconectada automaticamente do sistema. Uma única bateria é capaz de operar de forma independente e possui capacidade de energia suficiente para suportar a subida e a continuação do voo.

Esse aprimoramento na confiabilidade permite que o Velis Electro tenha mais que o dobro da vida útil dos elementos das unidades de potência em comparação com a geração anterior de aviões elétricos.

A revolucionária unidade motriz é totalmente resfriada a líquido, incluindo as baterias, e demonstrou capacidade de resistir a falhas, eventos térmicos da bateria e cargas de impacto como parte do processo de certificação.

Na cabine, a tela LCD de 5,7 polegadas EPSI 570C é a principal fonte de informações para o piloto sobre o estado operacional do sistema de propulsão elétrica na aeronave, usando gráficos intuitivos para exibir todos os parâmetros relevantes. O EPSI 570C também é usado como gateway para atualizações de software do sistema.

Diferentemente do procedimento de partida de um avião com motor convencional, o Velis Electro é acionado por quatro interruptores e não requer procedimento de warm-up (aquecimento) antes da decolagem.

Características Técnicas
Motor: Pipistrel E-811
Potência Máxima: 57,6 kW (77,2 hp)
Dimensões
Envergadura: 10,71 m
Comprimento: 6,47 m
Altura: 1,90 m
Área alar: 9,51 m2
Razão de aspecto: 12,04
Melhor razão de planeio: 15:1
Peso máximo de decolagem: 600 kg
Carga paga (payload): 172 kg
Velocidade de cruzeiro: 90 KCAS (167 km/h)
Velocidade máxima – nível do mar: 98 KCAS (181 km/h)
Razão de subida: 3,3 m/s (647 pés/min)
Teto de serviço: 3.660 m
Autonomia: até 50 minutos (mais reserva VFR)
Fator máximo de carga permitida: +4g / -2g

Fonte: Aeroin (10/06/2020)


Sobre

A Associação Brasileira de Aviação Geral (ABAG) foi criada com o intuito de defender e promover os interesses de pessoas e organizações que operem aeronaves como forma de apoio a seus negócios de forma í­ntegra e profissional, angariando o reconhecimento da sociedade e do governo como seu legí­timo interlocutor.



© ABAG 2020 . www.abag.org.br . Todos os direitos reservados



Endereço

Rua Baronesa de Bela Vista, 411- Cond. CGH Aeroporto Office, salas 503, 504 e 505. Vila Aeroporto, São Paulo/ SP, 04.612-001- Brasil

+55 (11) 5032-2727

+55 (11) 5032-2727

Redes Sociais:

Linkedin

Twitter

Facebook

Instagram

Newsletter